TwitterFacebookYoutube
Carregando...

Dúvidas

Como devo proceder para me tornar um consultor em microfranquias?
Cada vez mais empresas procuram consultorias para formatar seus negócios em microfranquias. No contexto do projeto, o consultor interessado em atender essa demanda deve concluir o programa de capacitação do projeto Microfranquia. Para isso, deve acompanhar as datas de início através dos editais disponíveis no site. Após concluir o programa de capacitação, o consultor poderá se credenciar gratuitamente no projeto, para que possa atuar na implantação da metodologia, exclusivo do Instituto Tomodati, e na formatação das empresas parceiras do projeto.
Como escolher uma microfranquia?
Antes de adquirir uma operação de microfranquia, é fundamental que o candidato faça uma autoavaliação do seu perfil. A maioria dos microfranqueadores avalia os candidatos pela sua experiência profissional no mercado que irão atuar. Por ser uma estrutura de negócio simples, o comprometimento e empenho do candidato são bastante exigidos.
 
O candidato a adquirir uma microfranquia deve também analisar o envolvimento do microfranqueador, as vantagens e benefícios que ele oferece e a sua relação com os demais microfranqueados.
O que devo fazer para anunciar no site?
Para anunciar no site você deve encaminhar sua solicitação através do menu Contato, escolhendo o assunto “Anuncie”. Você receberá uma tabela com as formas de divulgação do projeto, os espaços publicitários disponíveis e os respectivos valores.
O que devo fazer para participar do projeto como microfranqueado?
O primeiro passo é adquirir e preencher o formulário de cadastro “QUERO SER UM MICROFRANQUEADO”, disponível no menu Editais/Abertos do site www.microfranquia.com.br. Em seguida, envie o formulário preenchido para contato@microfranquia.com.br. Ele será avaliado e encaminhado para um dos microfranqueadores parceiros do projeto, caso haja algum da sua área de interesse.
Posso investir em uma microfranquia sem ter todo o capital próprio?
Assim como no modelo de franquia tradicional, é fundamental que o candidato a microfranqueado tenha outros recursos além do capital inicial. Estima-se que o candidato deve dispor de 25% do capital inicial como capital de giro, para manter seu negócio até alcançar o ponto de equilíbrio.
 
A grande vantagem é queo investimento total e os recursos necessários para a aquisição de uma microfranquia são bem menores. Dessa forma é possível complementar os recursos disponíveis fazendo um microcrédito em bancos ou outras instituições financeiras, mediante avaliação das taxas de juros cobradas.
 
Um ponto importante que deve ser discutido com o microfranqueador é o prazo de retorno do investimento que, no caso de microfranquia, não deve ser superior a 1 ano. Considere também a estimativa de lucro médio mensal apresentado pela microfranquia.
Quais são os custos para me tornar um microfranqueador?
A empresa deve passar por um laudo que avaliará se o negócio é realmente microfranqueável, ou seja, se apresenta as características para se tornar uma microfranquia e se pode ser implantado com investimento inicial total de até R$ 50 mil. O valor atual de investimento para a aquisição do laudo é de R$ 1.100,00 e deve ser custeado pela empresa solicitante. Este valor pode sofrer alteração sem aviso prévio.
 
O laudo também diagnosticará o quedeve ser corrigido para que seu negócio se torne uma microfranquia.
 
No caso de um diagnóstico negativo para a formatação de microfranquia, a empresa pode solicitar os serviços de consultoria nas áreas que necessitam de correção para que seu negócio se torne microfranqueável.
 
Com um laudo positivo para a implantação da metodologia de formatação de microfranquia, sua empresa receberá do BID - Banco Interamericano de Desenvolvimento, através do projeto, um subsídio de 30% do valor da formatação.
Quais são os pré requisitos para transformar meu negócio em uma microfranquia?
Para se tornar um microfranqueador sua empresa deve estar em atividade há mais de 2 anos, no formato de franquia ou não, e apresentar as respectivas demonstrações financeiras. É importante também que a empresa tenha sua marca registrada ou, em casos excepcionais, somente com depósito da marca junto ao INPI - Instituto Nacional de Propriedade Industrial. Além disso, deve possuir, pelo menos, uma filial ou unidade piloto em pleno funcionamento, cujo negócio já tenha sido ou possa vir a ser implantado com investimento inicial total de até R$ 50 mil.
Que microfranquias estão disponíveis no projeto?
As microfranquias parcerias do projeto estão disponíveis para avaliação no menu Parceiros/Microfranqueadores do site (www.microfranquia.com.br).
Instituto Tomodati e Ciate...
Mais Videos
Nenhum registro de agenda.

Mais Agenda

Como ficou sabendo do projeto Microfranquia?
» Resultado Parcial

Cadastre-se e receba as novidades e informativos de Micro Franquias.

Nome:
Email:
REALIZAÇÃO:
Instituto Tomodati
PATROCINADORES:
BIDFOMIN
APOIO:
FampeparABFCesumarABDMaringá CVBConampiACIMFCVPrefeitura de Maringá
DESENVOLVIMENTO:
Nexus Design